[2024] 1° LOTE: cadastrados na lista até o dia 17/10 terão desconto de R$1.200
e garantia de reembolso TOTAL no caso de aprovação pelo SISU 2024.1

[2024] 1° LOTE: cadastrados na lista até o dia 17/10 terão desconto de R$1.200 e garantia de reembolso TOTAL no caso de aprovação pelo SISU 2024.1

Lote 3 da AM: você tem até o dia 19/01 para se matricular
com 20% de desconto e parcelar em até 11x sem juros

Lote 3 da AM: você tem até o dia 19/01 para se matricular com 20% de desconto e parcelar em até 11x sem juros

[2024] Black Friday da AM: vagas abertas até o dia 8/12 com 25% de desconto
e garantia de reembolso TOTAL no caso de aprovação pelo SISU 2024.1

[2024] Black Friday da AM: vagas abertas até o dia 8/12 com 25% de desconto e garantia de reembolso TOTAL no caso de aprovação pelo SISU 2024.1

amblog-white

Endocrinologista e Metabologista: entenda a diferença e o que cada profissional faz

Provavelmente você já ouviu falar em endocrinologia e metabologia, mas saber exatamente no que cada área se concentra é algo mais incomum. No entanto, não é difícil entender exatamente do que as duas áreas se tratam e em quais especificações se atribuem. 
Além disso, você sabe quais são os profissionais atuantes dentro dessas especialidades? E por que estas áreas possuem relação uma com a outra? Se a resposta para essas perguntas forem negativas, hoje você ficará por dentro de como funciona o trabalho do endocrinologista e metabologista.

Endocrinologia e metabologia.
Qual a diferença entre endocrinologia e metabologia? | Foto: Freepik.

Qual a diferença entre endocrinologia e metabologia?

Como mencionado, a endocrinologia e metabologia possuem uma relação entre si que as vinculam dentro de um mesmo contexto, mas isto não faz com que ambas as áreas não tenham suas particularidades, que as diferenciam de maneira relevante e que você conhecerá agora.

No entanto, antes de entender quais são os pontos que as distingue, é preciso ter conhecimento do que se trata cada uma dessas especialidades. A área da endocrinologia, por exemplo, é a responsável e especializada no tratamento dos transtornos das glândulas endócrinas.

A palavra “endocrinologia” tem origem grega e significa “secreção interna”, o que faz referência justamente aos hormônios do organismo humano, que são objetos de análise dentro da área.

Dessa forma, é fundamental saber que essas glândulas produzem hormônios, que auxiliam em várias funções do organismo, inclusive, no funcionamento da reprodução metabólica. No entanto, são divididas em duas classificações: endócrinas e exócrinas.

A diferença entre as duas classificações de glândulas está no fato de que as endócrinas secretam os hormônios na corrente sanguínea do organismo, fazendo com que elas cheguem ao seu local necessário de atuação, já as exócrinas são responsáveis por secretar livremente os hormônios pelo organismo, sem que passem pela corrente sanguínea para chegar ao órgão ou lugar de funcionamento preciso. E é justamente nesse sentido que a metabologia ganha seu protagonismo.

Na área da metabologia, não só o sistema metabólico, como todas as mutações energéticas do organismo do ser humano, é estudado e analisado. Ou seja, o funcionamento energético e tudo aquilo que o indivíduo consome em sua rotina diária é analisado na especialidade metabólica, com exames e estudos, tendo em conta que o metabolismo é um grupo movido de mecanismos químicos, que atuam para a composição de novas células e produção de energia.

Logo, diante de tudo que foi mencionado, fica claro que existe uma relação entre a atuação do endocrinologista e metabologista, pois ambos estudam um mesmo sistema e precisam de vinculação um com o outro para resultar em muitos diagnósticos.

O que cada profissional faz?

Antes de tudo, é muito importante que você, leitor interessado em conhecer ou atuar em uma das áreas, saiba que, para se tornar um endocrinologista, é preciso ter concluído a graduação em medicina, além de se especializar em endocrinologia e metabologia, pois, como dito, são áreas que possuem uma relação relevante entre si. Dessa forma, após a graduação concluída, o profissional pode optar por se especializar ainda mais em uma dessas áreas, o que direciona, enfim, a área de atuação da sua carreira.

O profissional com especialização em endocrinologia e metabologia, é responsável pelos exames e estudos das glândulas endócrinas do paciente, além de trabalhar nos métodos de tratamentos de problemas relacionados ao sistema endócrino do indivíduo. A exemplo destes problemas estão as questões na tireoide, como entraves no seu crescimento, por exemplo.

Se a área da metabologia objetiva analisar as funções que envolvem o metabolismo do organismo do ser humano, o profissional irá focar nas mutações que originam a energia para o desempenho apropriado dos órgãos do paciente, como a monitoração e acompanhamento do seu peso, a renovação das células e métodos de trato para as funções reprodutivas sexuais deste, por exemplo.

Como profissional especializado no sistema endócrino, o endocrinologista efetua o diagnóstico e realiza o tratamento de doenças relacionadas aos hormônios do organismo humano. Logo, nessa atuação, é preciso que o profissional peça exames clínicos e laboratoriais, além de analisar os exames já realizados pelo paciente, para que seja entendido completamente o histórico daquele indivíduo. Muitas vezes, quando preciso, o médico atua junto a outras áreas médicas, como cardiologia, dermatologia, entre outras, para a obtenção de um diagnóstico ainda mais concreto.

Qual a relação entre as áreas?

Como mencionado anteriormente, por atuarem basicamente em um mesmo sistema do organismo humano, as áreas da endocrinologia e metabologia possuem uma relação.

Se a endocrinologia é uma área da medicina que cuida do sistema endócrino, composto pelas glândulas que secretam os hormônios, em contrapartida, porém tendo relação com a endocrinologia, a área metabólica analisa o grupo de mecanismos químicos que o organismo humano precisa para sua composição e funcionamento.

Dessa forma, a vinculação de ambas além de ter foco em melhorar a condição de vida dos indivíduos, se atenta às alterações do corpo, evitando doenças. O endocrinologista realiza exames e trata de qualquer disfunção ou doença que envolva estes sistemas e o profissional em metabologia também está atuando em uma área especializada, mas que analisa o conjunto de matérias substanciais que o corpo necessita para sua formação.

Logo, a metabologia se integra com a endocrinologia em busca de aperfeiçoar a qualidade de vida dos pacientes, com foco principal nas alterações do organismo, para que doenças e disfunções não possam se manifestar. A metodologia ainda utiliza como objeto de estudo a energia presente nos alimentos e a forma como elas se relacionam com o corpo humano, dessa forma, a endocrinologia e metabologia costumam atuar em conjunto para proporcionar ao ser humano uma alimentação saudável e que resulte em uma vida mais duradoura.

Agora que você sabe o que é endocrinologia e metabologia, ficou muito mais fácil se preparar para o vestibular. Desse modo, fica aqui o convite para que você conheça a AMentoria, um preparatório de Medicina, comandado de modo inovador e por profissionais que já estiveram no lugar de vestibulando.

Gostou do conteúdo?🤔

Então compartilhe com seus amigos.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

📄 Últimas notícias

📚 Informativos

Gostou do conteúdo?🤔

Então compartilhe com seus amigos.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Outros artigos que podem te interessar

cropped-Icone-fundobranco.png

Publicado por Amentoria
29/09/2023

cropped-Icone-fundobranco.png

Publicado por Amentoria
28/09/2023

amblog

O melhor lugar para você encontrar conteúdos GRATUITOS que vão te ajudar no Enem.

Nossos produtos

Fale com nosso comercial

contato@amentoriaenem.com.br

Seg a Sex das 08:00 às 18h

Todos os Direitos Reservados 2021 | Amentoria Enem